ÍNDIA ESPIRITUAL: uma viagem de fé


A Blue Papaya Travel teve o prazer de fazer uma viagem de fé pela Índia, onde tivemos contato com as quatro religiões do país (hinduísmo, budismo, jainismo e o sihkismo) e que nos encheram de inspiração!

DELHI

Começamos em Delhi que é a introdução perfeita para a essência desse país que impressiona por seus contrastes sociais, tradições milenares e fé incondicional. Todos convivendo pacificamente em busca de evolução espiritual. Séculos de história de civilização documentados em seus templos, palácios e ruínas monumentais. A cidade abriga alguns patrimônios da humanidade como a Tumba de Humayun, um monumento indo-persa totalmente simétrico e precursor do Taj Mahal. O Qutab Minar, que representa a vitória muçulmana sobre o último império hindu em 1193, e suas ruínas com detalhes do islamismo sobreposto ao hinduísmo no mesmo pilar.

Visitamos a mesquita Jama Masjid e o Forte Vermelho, símbolo do Poder Mongol. São mais 60 mil pontos históricos mas o melhor mesmo é se perder pelo caótico mercado Chandini Chowk dentro de um rickshaw e deixar sentir com o coração aberto àquilo que Mahatma Gandhi pregou de forma pacífica e generosa.

VARANASI

A segunda parada foi em Varanasi para acompanhar um importante ritual religioso Hindu de adoração, a Cerimônia Aarti: uma forma de oferenda, no qual a luz de lamparinas com pavios embebidos em manteiga ghee ou cânfora é oferecida às águas do Ganges para mãe Ganga. O significado da cerimônia e sua essência é que Deus oferece a todos diariamente sua Luz Divina e o Aarti é um forma do hindu, através desse ritual de amor e devoção realizado todos os dias ao pôr do sol, demonstrar sua gratidão à luz que a todos ilumina e purifica pensamento, espírito e corpo. Lindo e mágico, ficará para sempre na memória!

Passamos também por Sarnath - um dos mais importantes centros budistas e local onde Buda havia colocado em movimento a Roda da Lei, consagrando seus ensinamentos. Duzentos anos depois, no século 3a.C.o imperador Mauryan Ahoka, que espalhou a mensagem de amor e compaixão de Buda por todo seu vasto império, construiu enormes estupas, viharas e mosteiros tornando-o o centro do mundo budista. A Bodhigaya, a árvore onde Buda ensinava sua filosofia está representada ali por uma muda da original, plantada pela filha do imperador em Varanasi e há uma outra plantada no Sri Lanka.

AMRITSAR

Em Amritsar, ao noroeste da Índia, está a cidade sagrada dos Sikhs (religião mais recente da Índia) e onde visitamos o maravilhoso Golden Temple que nos impressionou pela beleza indescritível, pela cerimônia de guarda do livro sagrado dos Sikhs e por ter tido a honra de participar do momento das refeições que conta com 2.000 voluntários ajudando a servir 10 mil refeições diárias gratuitas, para pessoas sem condições financeiras, independente de credo ou raça. Uma experiência inspiradora e que nos faz repensar toda a vida!

Dharamshala

A parte Budista de nossa jornada. Onde o líder espiritual e rei tibetano, Dalai Lama, mora em seu exílio no norte da Índia. Após a invasão chinesa os monges tibetanos se refugiaram nesta cidade indiana que mais parece o Tibet. A comunidade local mantém viva a religião que nasceu na Índia, ganhou a Ásia e voltou para o país 25 séculos mais tarde. Por lá acompanhamos a linda cerimônia dos cânticos no Templo do Dalai Lama. A energia do lugar é sensacional e ao final os monges fazem questão de convidar a todos para o almoço.

LADAKH

A última parte da viagem na Caxemira Indiana, conhecida como "Pequeno Tibete", é famosa pela sua cultura budista tibetana e uma região que tem paisagens de tirar o fôlego. Nos hospedamos em um glamping - Chamba Camp Thiksey que possui uma comida maravilhosa e tudo que você possa imaginar em termos de conforto e entretenimento nos pés do Himalaya.

É necessário um dia de aclimatação pela altitude do lugar e é possível programar passeios de mountain bike, trecking, rafting e claro, visitar os monastérios e o Palácio de Leh de 6 séculos antes de Cristo. Durante o inverno pode se avistar os lendários tigres brancos.

E terminamos com um almoço especial cheio de agradecimentos a 5300m de altitude (base do Everest), preparado pelo chef do Ultimate Traveller Camp, ao som de George Harrison numa montanha que faz fronteira com a China e Paquistão.

Uma viagem especial, cheia de significados e que nos deixou ainda mais inspirados para criar um roteiro todo especial para nossos clientes. Vamos?

#India #viagemdefé #Pasquistão #viagem #travel #agenciadeviagem #bluepapaya #viagemespiritulaparaindia #luxo

Destinos
África
Américas
Ásia
Europa
Oceania
Procure por Data
Siga a Blue Papaya
  • Facebook Basic Square
  • Black Instagram Icon
  • YouTube Social  Icon

@2016 por Carol Carvalho Craft Design. Criado Wix.com