Fernando de Noronha

June 20, 2017

Eu sempre tive o sonho de ir para Fernando de Noronha, porém, pensava que um fim de semana era muito pouco para curtir a ilha. Mas, decidimos fazer essa viagem no feriado de Corpus Chirst.

 

 

Voamos pela Azul, em um vôo que sai as 9h de Guarulhos e chega em Recife às 12h. Tivemos a oportunidade de almoçar no restaurante no andar de cima do Aeroporto (alguem lembra o nome?) e seguir de forma tranquila até Fernando de Noronha. Chegamos na ilha às 17h no horário local, sendo que lá é uma hora a menos.

 

Ao chegarmos, pagamos a TPA (Taxa de Preservação Ambiental) logo no check-in, no valor de R$68 por pessoa/dia. Essa taxa é diferente da que nós pagamos antecipadamente pela internet e que deve ser guardada para devolução na saída da ilha. Você também precisa desse comprovante de pagamento para fazer uma foto e a carteirinha para acessas as praias.

 

Ficamos na Pousada Zé Maria, que para quem vai com crianças é a melhor opção. Às quartas e aos sábados, a pousada faz um festival gastronômico incrível com direito a sushi de Toro com Atuns pescados no dia pelo próprio Zé Maria. Além disso, são servidos camarões, paella, picanha, pescada amarela, inúmeros ceviches e peixes para todos os gostos. As caipirinhas são sensacionais! Durante o jantar, há música ao vivo  e um "The voice" entre os hóspedes e habitantes da Ilha. Nessa atração, o melhor cantor ganha o pior prêmio e o melhor cantor ganha o pior prêmio.

 

Pusada Zé Maria

 

 

Todos os hóspedes acabam se conhecendo, mas a diversão não se estende até altas horas, pois é preciso descansar para aproveitar o dia seguinte. 

 

No primeiro dia, antes de mais nada, é preciso se cadastrar pra entrar nas praias que são protegidas pelo IBAMA no centrinho de Fernando de Noronha. Você deve fazer a foto e partir para fazer o tour da Ilha que é o passeio característico local. Neste tour, você pára para fazer fotos deslumbrantes e mergulhar na praia do Sueste. Lá é preciso levar colete salva-vidas, snorkel e máscara. Mas se preferir, pode alugar.

 

Após o mergulho e de ver tartarugas, tubarões e milhares de lindos peixinhos fomos almoçar no Varanda. Lá eu comi a melhor lagosta da minha vida com farofa de pão. É uma delícia e uma surpresa. Em seguida fomos à praia do Sancho que fica numa linda encosta e precisa descer uma trilha e uma escadaria equivalente a 20 andares de um prédio! Mas todo sacrifício vale a pena: a praia do Sancho é maravilhosa! Você pode ir de barco também. Nós alugamos na Pousada Zé Maria, pois de acordo com as condições climáticas, você pode mudar o dia. Eles providenciam um cardápio e além de camarões e lulas a bordo, a tripulação fez um churrasco muito bom.

 

 

Terminamos o dia na praia Cacimba do Padre onde às 17h tem a desova das tartaruguinhas! Lindo!

 

Os Dois Irmãos é outro ponto característico de Noronha e vale parar pra fazer uma foto! No dia seguinte fizemos um passeio de barco pela baía dos golfinhos. Nunca havia visto tant